Porque paisagismo é importante

Atualizado: 28 de Dez de 2018


O paisagismo diz respeito a um projeto arquitetônico externo, ou seja, a organização do espaço livre de edificação. Os elementos como circulações, atividades, materiais, iluminação, mobiliários e vegetações são definidos a partir de aspectos relevantes como posição do sol, topografia, pontos a serem valorizados da edificação existente, assim como as deficiências a serem disfarçadas. Diante disto, é importante entender a necessidade de um profissional habilitado para desenvolver o projeto externo da mesma forma que já existe a preocupação no ambiente interno para que o resultado apresente funcionalidade, técnica e beleza.

IMPORTÂNCIA DA VEGETAÇÃO

Embora seja apenas um dos elementos trabalhados nos ambientes externos, as vegetações ganham muito destaque num projeto paisagista em decorrência da falta de áreas verdes de qualidade que a cidade tem para nos oferecer. A proximidade das plantas gera o aumento da qualidade de vida dos seres humanos, trazendo saúde, ânimo e felicidade. Em relação ao meio ambiente, elas são responsáveis pela renovação do ar e aumento da sua umidade proporcionando conforto ambiental. Na atual crise ambiental que vivemos, um jardim bem pensado torna-se uma boa oportunidade de tentarmos reverter, pelo menos de alguma forma, a devastação que o homem tem causado no planeta nos últimos séculos.

PROPOSTAS DIFERENTES DE ACORDO COM O PERFIL DO CLIENTE

Os espaços devem ser pensados de modo que atendam as especificidades de cada cliente. Existem estilos diferentes de jardins que vão atender perfis diferentes de pessoas. Dentre eles, cito o jardim tropical que tenta recriar a natureza utilizando as nossas matas como fontes de inspiração. Nesse estilo, são utilizadas em maior número, as plantas nativas que necessitam pouca manutenção e são perenes. Em contraponto temos estilos europeus como francês, italiano e inglês onde se cria cenários românticos com esculturas, vasos decorativos, cercas vivas moldadas e espécies anuais, ou seja, menos duradouras e que necessitam de substituição. Outro estilo que vale apena ser apontado é o mediterrâneo, onde temos uma especificação de plantas que necessitam menos água, solo pobre e bastante luz que acaba por gerar pouca preocupação e custo financeiro por parte do cliente para manter o espaço.

PEQUENOS ESPAÇOS

Não é só quem mora em casas que pode ter a oportunidade de trazer a natureza para o seu dia a dia. Com criatividade pode-se criar pequenos oásis em espaços considerados pequenos. Vasos, floreiras, jardins verticais e hortas de temperos e chás são opções a serem consideradas para deixar ambientes mais aconchegantes. O uso de acessórios e plantas adequadas nessas áreas trazem perfume aos momentos de leitura por exemplo. A visita de pássaros enquanto curti-se a sacada de um apartamento ao vislumbrando a cidade também é possível se o espaço for bem planejado por menor que ele seja.

VEGETAÇÃO EM AMBIENTES INTERNOS

Uma pesquisa realizada pela Universidade de Queensland descobriu que um escritório decorado com plantas pode aumentar em até 15% a produtividade dos funcionários. Outro estudo feito pela Universidade do Texas mostrou que investir no verde pode ter grande efeito sobre a felicidade dos trabalhadores. Ou seja, para aquelas pessoas que mal tem tempo de ficar em casa, existe a possibilidade de levar a natureza para dentro de ambientes corporativos seguindo os mesmos cuidados relativos à escolha das plantas ideais para cada situação que apenas um profissional com conhecimento na área pode fazer. Afinal, as plantas são seres vivos e requerem certos cuidados para que ali permaneçam.

#ficaadica #lumassaro #souarquitetapaisagista

4 visualizações

Luciane Massaro: Arquiteta paisagista / Tel: (51)99314 9988 / lumassaro@hotmail.com / © 2018 por Luciane Massaro. 

  • YouTube - Black Circle
  • Instagram - Black Circle
  • Facebook - Black Circle